quarta-feira, 15 de julho de 2015

...

Sempre depois de um acontecimento como esse do dia 7 de abril no Rio de Janeiro, a primeira coisa que vemos as autoridades dizerem é que vão investigar responsabilidades. Eu não entendo o porque das pessoas se empenharem tanto em achar um culpado ao invés de buscar uma solução, seja ela de prevenção ou de apoio.

É claro que tem-se que achar onde que foi o erro, de onde vieram as armas, a munição, como deixaram ele entrar na escola sem verificar identidade e sem confirmar nada com ninguém? Alguém foi omisso, alguém foi negligente, e isso não foi só hoje.

Ainda não se sabe ao certo os "motivos" do rapaz ter cometido essa chacina, mas o bullying certamente está relacionado, mesmo ele não sendo atual aluno da escola, talvez ele tenha sofrido tanta humilhação naquele lugar que ele criou um certo ódio de lá. Talvez ele tenha matado mais meninas por, na época que frequentou a escola, ser desprezado por elas.

Nada justifica um ato como esse, independente do que tenha ocorrido, essas crianças não tinham culpa de nada de ruim que tenha acontecido na vida dele, mas na mente de uma pessoa perturbada a realidade de distorce de tal forma que talvez ele tenha feito isso pra se vingar "da escola".

A crueldade desse ato não tem tamanho, as consequências são impossíveis de se mapear, além das vidas tiradas, muitas outras foram destruídas, de familiares e amigos, sem contar o trauma que todos vão levar para o resto de suas vidas.

Professores, diretores de escola, pais, familia, Estado, todos têm que acordar e abrir os olhos pro que está acontecendo, o bullying não é brincadeira, você ser humilhado um dia já pode deixar marcas pro resto da sua vida, imaginem ser humilhado TODOS OS DIAS durante ANOS? Talvez se não fosse a omissão de quem poderia ter ouvido essa rapaz na época, talvez isso não teria acontecido.... talvez.

Já cansei de ver isso quando estudava, um aluno era humilhado por outro e ia falar com o professor, e este dizia "eu não quero saber, vocês não são crianças" e quando este levava o caso pra Diretoria, ouvia a mesma coisa, quando não levava advertência junto com o agressor. Isso precisa mudar, já passou da hora, ou será que vai ser preciso mais um massacre desses?

Agora eu quero saber como vamos dizer as nossas crianças que o futuro é na escola, que quem não estuda vira bandido e acaba morto? Talvez se essas crianças fossem bandidos ainda teriam mais alguns anos de vida...

Dia 7 de abril de 2011 - o dia em que o Brasil inteiro chorou.

Nenhum comentário: