sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Feliz Década Nova

Feliz Ano Novo, a todos que fizeram parte do capítulo "2010" da minha vida ;)

O legal, é que estamos entrando em outra década, e neste mesmo dia há dez anos atrás, eu tinha 14 anos, tinha acabado de terminar o ensino fundamental... caramba quanta coisa já mudou de lá pra cá!

(Adema - The Way You Like It)

Pessoas se foram, pessoas chegaram, algumas pessoas que eu costumava conversar todos os dias e achava que ia ser assim pra sempre hoje em dia mal nos cumprimentamos na rua, já outros que eu nunca imaginei ter amizade, hoje fazem parte dos meus amigos... tudo muda, e as mudanças assustam um pouco no começo.

Tenho boas lembranças desses 10 anos, muito mais boas do que ruins... lembro da escola, lembro do pessoal do bairro, lembro do centro de Casa Branca cheio de gente aos sábados, lembro da escola Industrial... são tantas coisas que se foram nesse tempo, que passaram, coisas que vivi e algumas ainda vivo, um turbilhão de lembranças passam pela minha cabeça agora que mal sei como descreve-las... mas é algo incrível!

(American Head Charge - Just So You Know)

E também tem as pessoas... como alguém já disse, todos que passam pela nossa vida levam consigo um pedaço de nós e nos deixa um pedaço deles... mal ou bom, não importa. O importante é sabermos aprender com os outros e também permitir que aprendam com a gente, pois todos temos algo a ensinar e não importa a idade, sempre teremos algo a aprender.

Normalmente eu escreveria aqui nomes, mas não vou... cada pessoa sabe muito bem o que significa pra mim, e ficar indicando é foda, porque por mais esforço que se faça, sempre esquecemos de alguém, não por esta ser menos importante e sim pela dificuldade de organizar os pensamentos ;)

(Anberlin - Paperthin Hymn)

Então, a todos vocês que estão ou estiveram comigo nesses 10 anos, todos que pelos menos se lembrem de mim mesmo que vagamente, e a todos que eu também tenho apenas vagas lembranças, e também a vocês que entraram nesse blog por curiosidade ou por acaso, que a próxima década seja de muitas realizações para nós, afinal, tem coisas que não se pode fazer em apenas um ano ;D

(Nirvana - Heart Shaped Box)

Agora, só ano que vem! Festa!

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

O que será daqui pra frente? Todo fim de ano a gente traça alguns objetivos pro próximo ano... mas porque sempre pro próximo?

(Lifehouse - All in All)

Tá, você deve estar pensando - "porra, só falta dois dias pra terminar o ano, como vou traçar metas pra agora?" - mas não é isso que eu estou dizendo.

O que eu quero dizer é a mania que temos de apenas traçar objetivos no fim do ano, pra fazer ano que vem, sendo que podemos fazer isso a qualquer momento, e o melhor, pra ser feito imediatamente! INCREDIBLE!

Esse ano acho que não tem mais nada que eu queira fazer e que tenha tempo hábil pra isso, então vai ficar pro ano que vem... ano que vem ;)

**So here is your holiday, hope you enjoy it this time...**

Algumas coisas parecem que não mudam... e as vezes parece que as pessoas gostam disso... exemplo é o Roberto Carlos, sempre cantando as mesmas músicas e sempre fazendo sucesso... e olha que era um porra louca quando era mais novo. O cara só não está mais decadente fisicamente porque não tem como kkkkkkk

Outro velhão que ta por ai ainda é o tal do Paul McCartney... velho, acabado, mas ainda um grande músico... pena que seja um IMPOSTOR!!! [/teoria da conspiração]

Meio fora de contexto, mas saíram dois integrantes do Paramore, os irmãos Zac e Josh Farro, mas, na boa, e daí? A alma da banda é a Hayley >:]

(Korn - I'm hiding)

Está sem sentido, mas não liguem, afinal, eu estou com muito sono....

Amanhã, se der tempo, eu posto uma dedicatória de fim de ano, cheia de duplos sentidos e mensagens subliminares, como o de costume ^.-

Acho que é só... ou não!

(Charlie Brown Jr. - Só Os Loucos Sabem) - essa é foda o/

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Zilef Latan

Pois é, o Natal está chegando denovo... impressionante como esse ano passou rápido. Tem sido assim já faz algum tempo.

(Guns N'Roses - Ain't it Fun)

Eu nem vejo mais graça em Natal, nem lembro qual foi a última vez que eu realmente gostei dessa data, pra mim ficou tudo sem graça, apenas uma época em que a hipocrisia impera, e que pessoas que tentaram te ferrar o ano todo e falaram mal de você, tentaram te puxar o tapete e todas essas coisas dignas de um excelente filho da puta, e que essa mesma pessoa vem te dar um abraço e desejar Feliz Natal... é uma época de aparências, de consumismo, e de muita tristeza também.

(Blink 182 - Down)

Afinal, enquanto você está ai, na sua casa, comendo seu Chester® da Perdigão®, seu Peru Sadia®, bebendo seu Vinho Espumante (isso mesmo, não é champagne como todos pensam) Peterlongo®, e todas essas coisas com marcas registradas, tem gente ai na rua da sua casa, as vezes até do lado, sem presente, sem ceia, sem esperança. E isso não é demagogia minha, quem me conhece sabe que Natal pra mim era só uma data pra reunir a família... mas nem isso é possível mais, fica cada um pra um canto.

(Lacuna Coil - Enjoy the Silence)

Não estou dizendo que você não deve comemorar a data, apenas pense um pouco mais sobre o que tem a sua volta e não deixe a mídia te iludir, te fazendo acreditar que o natal é feliz para todos, porque não é!

(Soulfly - Fly High)

Enfim, manolo, desejo a vocês não só um feliz Natal, mas que seus dias sejam todos iluminados. Afinal, acho que queremos ser felizes todos os dias, e não só agora, né?

Por esses dias até o Natal vou tentar postar umas imagens de humor negro envolvendo essa data, creio que tenho algumas aqui já.

(Alice in Chains - Angry Chair)

Finalizando, vou deixar aqui uma música de uma banda que eu gosto muito, que aliás acho que foi a primeira música que ouvi deles.

----------------------------------

Infeliz Natal

Na sua casa tem ceia
Na casa dele não tem
Na sua casa tem tem compaixão
Na casa dele tem compreensão

Infeliz Natal (4x)

Na sua casa tem alegria
Na casa dele não tem
Na sua casa bons amigos
Na casa deles apenas solidão

Infeliz Natal (4x)

Jingle Bells! Jingle Bells!
Acabou o papel
Não faz mal, não faz mal
Limpa com jornal

Infeliz Natal (4x)


-
-
-

;)

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Origem

Ainda hoje as pessoas me perguntam de onde eu tirei esse nick (Rother), e muitas não entendem mesmo com minha didática superior [/convencido] então vou explicar de uma vez de onde veio isso.

Eu tive contato com o mundo da informática muito cedo pra época, se bem me lembro eu tinha uns 10 anos quando um vizinho comprou um potente 286 e eu ia na casa dele pra jogar Dave e mexer no DOS. Algum tempo depois, meu velho pai aparece com um 386 de monitor monocromático, este já com o Windows 3.11, alguns jogos bem Atari, um programa que eu gostava muito chamado Home Design (desenhava casas) e o paint de pcs monocromáticos, que me permitia ter uma gama de efeitos de sombra que o paint normal de hoje não tem.

Algum tempo depois ele trocou o pc por um outro 386 ja com monitor colorido, que posteriormente foi substituido por um Pentium MMX 133mhz que era montado numa motherboard que meu pai achou dentro de um rio (virou lenda), e foi ai que comecei a ter contato com a internet, creio que eu tinha uns 12 ou 13 anos... lembrando que eram pouquíssimas pessoas que tinham esse privilégio, pois era algo caro e sem muitas opções... provedor com limite de 9 horas no mês, vocês podem imaginar isso???

Tomb Raider foi parte importante do meu processo de nerdização (inventei, e daí?), além de outros jogos clássicos da época. Gente, é incrível, eu tenho uma revista que na capa está escrito "486, a Ferrari dos micros!"... vocês conseguem conceber isso?

Algum tempo depois eu comecei a frequentar salas de bate papo do UOL, e por incrível que pareça, a sala de Casa Branca era sempre lotada, eu só conseguia entrar porque era assinante. Usava vários nicks, Rambo II, SPFCampeão, Anjo da Noite, Nightcrawler, BrunoC... entre outros... as vezes eu entrava com dois nicks na mesma sala, usando um programa chamado Jane (epic!). Além é claro do ICQ... lembro que meu user começava com 3857... o resto não lembro.

Dai um dia alguém me falou que eu tinha que criar um nick fixo, pra ficar mais fácil de ser reconhecido no chat, dai que aconteceu a mágica --- música de suspense --- eu fui todo meninão entrar na sala pra falar com meus fãs, e eu ia entrar como Brother (irmão, em inglês, para quem não é poliglota/troglodita) so que por um erro de digitação, eu não coloquei o B na frente... e voilà, tinha sido criado o nick que carrego faz quase dez anos!

São poucos os que me chamam assim, é mais quem me conheceu pela net e o pessoal la da Gracie, e alguns outros gatos pingados... mas no mundo virtual, praticamente todos meus users tem rother no nick... o pessoal da lan não gostava muito de ver o nick [B.]Rother entrando no CS, pois sabiam que teriam um adversário implacável... ou não.

É engraçado como essas coisas nos acompanham por tanto tempo, talvez até por toda a vida, mas eu não ligo, acho legal, pois que seja uma marca ^^

Depois disso rolou muiiiita coisa relacionada ao mundo virtual, mas ainda bem que ao contrário da galerinha de hoje, eu jogava bola descalço no chão de terra batida, manolo!

Any questions? Formspring
Follow me! Affirmative... Twitter
Livro de Rostos Facebook

domingo, 12 de dezembro de 2010

A verdade.

O moleque desceu o morro
chegou chorando no asfalto dizendo que não tinha o que comer
O menino pediu socorro
mas as pessoas passavam com pressa e não podiam perceber

Que o moleque desceu o morro
chegou chorando no asfalto dizendo que não tinha o que comer
O menino pediu socorro
mas as pessoas passavam com pressa e não podiam perceber

Malandro sacou de primeira
Se viu dono da situação
Pagou a comida, a camisa, a madeira e o menino virou avião
Agora que a coisa mudou, agora o povo percebeu
que aquela criança esperança MORREU!

Bandido, virou bandido
Quem sabe dizer o que aconteceu?
Bandido, virou bandido
que é tudo que resta pra quem se vendeu

Bandido, virou bandido
Quem sabe dizer o que aconteceu?
Bandido, virou bandido
que é tudo que resta pra quem se vendeu

Só vivo pra poucos e poucos momentos que sonham
Atenção pra poucos em outros prazeres que notam
Cada barraco um livro aberto, uma história e agora que chora
o tempo passa a dez mil vidas por hora
E eu? Nem sei qual é minha missão
Chorar desarmado ou sorrir de arma na mão
Pés descalços nesse mundo de cada um por si
eu por nós, ninguém por mim só Deus

Malandro sacou de primeira
Se viu dono da situação
Pagou a comida, a camisa, a madeira e o menino virou avião
Agora que a coisa mudou, agora o povo percebeu
que aquela criança esperança MORREU!

Bandido, virou bandido
Quem sabe dizer o que aconteceu?
Bandido, virou bandido
que é tudo que resta pra quem se vendeu

Bandido, virou bandido
Quem sabe dizer o que aconteceu?
Bandido, virou bandido
que é tudo que resta pra quem se vendeu

Quem viu? Quem viu? Ninguém viu, até viu
mas fingiu, virou as costas e fugiu
Sentado no meio fio, com fome e com frio
Uma cena comum que já não comove o Brasil
Ingredientes necessários pro final
pra fazer mais um formado nessa faculdade marginal
Onde tudo vem de graça com um certo preço
Virou bandido, o menino do gueto

Olha o menino aê (só Deus)
Olha o menino aê (só Deus)


Video no Youtube

"Quem tem ouvidos que ouça, quem tem inteligencia que aprenda a lição"
@MegaDanyllo

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Genial...

Antigamente era:

Sexo



Drogas



e Rock'n'Roll




Hoje é:

Punheta



Ice



e Restart




Será o fim da juventude???

VOLTA RODOLFO!!!


--------------------------------

Puteiro em João Pessoa

Raimundos

Composição: Rodolfo Abrantes

A vida me presenteou com dois primos já marmanjo
um, muito justo, era o Augusto e o safado era o Berssange
Numa tarde ensolarada toda aquela criançada tomando refrigerante...
Com a família embebedada foi mais fácil armar uma bimbada
prum recém adolescente
Pois foi Berssange, primo velho e cancrado, que com muito do cuidado
chegou pra Augustinho e disse: "tu visse?"
Dudu já tá alucinado, já é meio caminho andado
pra rolinha comer alpiste
E pro rapaz não ficar triste vamo onde as nêga são ativa
não há em toda João Pessoa lugar melhor que o Roda Viva"
E foi pra lá que nóis rumamos quase nos desenfreamos
Nóis num tinha nenhum plano e os cabra foram saindo
e eu atrás ía gritando:
"onde é que cês tão me levando
voltar e buscar mainha ela ficou no bar sozinha"

"Ô menino abobado deixa mainha pra painho
Venha comigo e Augustinho
tu vai ser inaugurado
pois tu sabe,na família,nunca teve afrescalhado.
Chegar no Roda Viva tu vai ser homenageado"

Quando eu cheguei no recinto o forró já tava bravo
Bando de nêgo suado dançando com as rapariga
e o forró comia solto e veio um véio com os óio torto
de tanto beber cachaça e disse:
"Essa menina é massa,vai te deixar arretado"

Meu primo me olhou de lado e disse:"coitado"
Era uma quenga fedorenta,daquelas da mais nojenta
mas se você não aguenta você a leva para o quarto
Ela pegou no meu pau pôs a boca e depois ficou de quatro...

Foi num puteiro em João Pessoa,
eu descobri que a vida é boa
foi minha primeira vez...


FUCK YEAH!!!

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

At the end of the world...

or the last thing I see
you are
never coming home
never coming home
could I? should I?
and all the things that you never ever told me
and all the smiles that you are ever ever
ever...
---------------------------------------------

SCREAM MOTHERFUCKER!!! SCREAAAAMMMMMM!!!

\,,/

days go by!