domingo, 8 de janeiro de 2017

extrato de energia volátil

Ou o amor, pra algumas pessoas, é algo muito volátil ou elas não sabem identificar o que é realmente tal sentimento.

Acho até comum (apesar de não aderir a idéia) as pessoas se engajarem em um relacionamento logo após o fim do anterior. É a tal da "lei do desapego" de que tanto falam - que eu não consigo entender - em ação. Mas eu acho escroto esquisito ver uma pessoa fazendo juras de amor eterno pra 4 pessoas diferentes em um ano. Não que eu me importe de verdade, apenas não consigo entender como as pessoas podem confundir os sentimentos assim ou, quiçá, serem tão desonestas.

Como procuro ver o lado bom das pessoas (apesar delas insistirem em mostrar seu lado podre), prefiro pensar que algumas pessoas tem, digamos, um coração maleável.

Ah, não esqueci do texto sobre 2016 e sobre o #project365, apenas não tive saco esqueci.

"Tenha fé porque até no lixão nasce flor"

Nenhum comentário: